Vida Saudável

Treinar com frio e mau tempo

Ainda agora estamos a adaptar-nos às rotinas que tínhamos antes de ir de férias e já temos de fazer nova alteração, por causa da mudança de tempo…

Permanecer ativo durante os meses mais frios pode ser mais difícil, mas é também muito importante, uma vez que o tempo mais frio e dias mais sombrios podem conduzir muitas pessoas a adotar um estilo de vida mais sedentário e, com isso, um pior controlo das suas glicemias. Esta situação pode ainda contribuir para uma pressão arterial mais elevada, níveis de energia mais baixos, dificuldades  no sono, e até mesmo depressão, algo para o qual as pessoas com diabetes já se encontram predispostas. Assim, durante os meses com temperaturas mais baixas a prática de exercício físico é uma ótima maneira de gerir a glicose sanguínea.

Tendo isso em conta, oferecemos algumas sugestões para ajudar a manter seus níveis de glicose no sangue controlados durante este período mais frio.

 

Roupa e acessórios:

Não se esqueça de começar com uma camisola ou t-shirt fina que vai afastar o suor do corpo, seguido por uma camada que irá isolar o seu corpo (como um polar), coberto com um casaco impermeável.

Veja casacos desportivos de inverno que tenham bolsos espaçosos, porque vai ser necessário levar algumas provisões habituais para as pessoas com diabetes - especialmente se estiver a caminhar ou esquiar em algum lugar onde pode não ser capaz de facilmente e rapidamente aceder à sua bolsa ou mochila.

treinar com frio e mau tempo

No que diz respeito às provisões, deve ter consigo açúcar, o seu glicómetro, algumas tiras de teste e a sua caneta de insulina (caso faça parte do seu tratamento). Tenha noção que alguns destes dispositivos podem ser afetados pela diminuição da temperatura e que é preferível mantê-los num bolso do revestimento interior, de modo a que não tenha de se preocupar sobre a possibilidade de perdê-los também.

 

Use sapatos que têm tração e não vão causar deslizamento em terra gelada ou coberta de neve, que aconchegam bem o pé e que não vão provocar movimentos de fricção dentro do sapato, conduzindo a potenciais feridas.

 

Durante os meses frios, as pessoas com diabetes devem prestar especial atenção aos seus pés a fim de assegurar a função saudável e reduzir o risco de feridas . O inverno traz riscos adicionais para os pés – o frio pode aumentar a dormência e a falta de sensibilidade nas extremidades inferiores causadas por neuropatia. Isto pode causar instabilidade ao andar que pode conduzir a derrames, aumentando o risco de lesão dos tecidos, complicando a percepção de que uma ferida ou uma bolha se desenvolveram.

Mantenha os seus pés quentes e secos – a neve e frio podem conduzir à humidade nos sapatos que podem transformar-se num terreno fértil para desenvolvimento de bactérias potencialmente prejudiciais.

Mantenha os seus pés aquecidos com peúgas adequadas - as peúgas térmicas do diabético são concebidas para manter a temperatura dos pés, protegê-los das bactérias e para melhorar o fluxo sanguíneo até às extremidades.

Evite também que os seus pés fiquem demasiado secos. Hidratar todos os dias os pés é fundamental, reduzindo assim o risco de rachaduras que podem tornar-se feridas e ser a porta de entrada para bactérias.

treinar com mau tempo e frio

Vantagens de treinar com temperaturas mais baixas

 

  • Os meses frios são a melhor época do ano para quem quer perder peso, porque o corpo utiliza mais energia para manter-se aquecido (aumenta o metabolismo basal); se mantiver o controlo da alimentação, os resultados poderão acontecer mais rápido no que confere à qualidade do seu peso
  • Os ginásios estão menos cheios, a maior afluência começa na primavera.

A diabetes não é sazonal e tem de ser tratada o ano inteiro. Aproveite esta altura para poder aprender com mais calma os exercícios, sem tempos de espera.

  • Praticar exercícios físicos aumenta a concentração de endorfina, substância que promove o bem-estar e ajuda no tratamento da depressão. Alguns estudos mostram que a ação da endorfina pode durar entre 24 a 48 horas após o treino

Indicações importantes

tempo frio e mau tempo

  • É muito importante fazer um bom aquecimento corporal porque, devido ao frio, a resposta neural é mais lenta, os músculos e as articulações ficam mais rígidos. Para evitar lesões um bom aquecimento, de 10 a 15 minutos, no mínimo, é fundamental. O trabalho cardiorrespiratório pode ser uma excelente solução para garantir esse aquecimento adequado. Comece com uma intensidade baixa e vá progredindo a cada 5 minutos, até sentir que atinge uma intensidade moderada.
  • Com temperaturas mais baixas, perdemos mais água sob a forma de vapor, uma vez que o corpo faz um esforço maior para manter a temperatura corporal. Torna-se fundamental ter um controlo maior sobre a quantidade de água que ingerimos. Mantenha-se bem hidratado.

Bons treinos!

Fonte: Holmes Place

Edgar Borja - Regional Master Trainer Holmes Place

holmes place

DIAB-1101272-0244 11/2018