Notícias

Estudo analisa relação entre dieta sem glúten e desenvolvimento da diabetes tipo 1

A investigadora Shámila Ismael, da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP), desenvolveu um estudo com crianças e adolescentes, no Serviço de Pediatria do Centro Hospitalar São João, para avaliar a relação entre uma dieta sem glúten e o desenvolvimento da diabetes mellitus tipo 1.

 

Segundo explicou, a diabetes mellitus tipo 1 e a doença celíaca podem ocorrer em simultâneo, já que envolvem o mesmo fator genético e apresentam um valor ambiental comum – o glúten – que, exposto à microbiota intestinal, desencadeia um processo inflamatório.

 

Desse processo inflamatório, resulta uma resposta autoimune e, consequentemente, o desenvolvimento das patologias em questão, em indivíduos predispostos geneticamente. No caso da diabetes tipo 1, este processo inflamatório resulta num perfil lipídico alterado, levando a um aumento do risco cardiovascular, principal causa de mortalidade nestes doentes.

 

Os resultados do estudo permitiram verificar que uma dieta sem glúten está associada, não só ao controlo da doença celíaca, mas também a um melhor controlo metabólico da diabetes do tipo 1, e ainda a existência de uma associação entre valores mais altos de triglicerídeos com o pior controlo das patologias. Isto vem demonstrar a necessidade de reformulação dos produtos processados sem glúten e da desmistificação da dieta sem glúten.

Fonte: https://www.dn.pt/lusa/interior/estudo-analisa-relacao-entre-dieta-sem-gluten-e-desenvolvimento-da-diabetes-tipo-1-9192304.html

DIAB-1101272-0195 04/2018