Controlo da diabetes

Diabetes tipo 1 e as crianças

Todas as crianças e adolescentes com diabetes tipo 1 necessitam de uma rede de apoio que as permita viver num ambiente favorável à aceitação da doença e ao controlo metabólico. Para tal, é essencial o empenho de uma equipa multidisciplinar formada pelos pais/cuidadores, os profissionais de saúde (médico, enfermeiro, nutricionista e psicólogo) e pelos profissionais de educação (educadores de infância, professores, auxiliares e funcionários do refeitório escolar).

A diabetes requer uma alteração dos hábitos de vida, tanto em casa como na escola, que devem ser implementados logo após o diagnóstico. Como as crianças passam grande parte do dia na escola, sugerimos a seguinte lista de conselhos para os pais/cuidadores saberem que passos dar.

Ida à escola após o diagnóstico

Dar conhecimento à direção da escola e aos professores que o seu filho/a tem diabetes tipo 1 e que, por conseguinte, vai precisar da colaboração de toda a equipa escolar para os seus cuidados e tratamento. Nesta conversa deve:

  • Partilhar a orientação 006/2016 da Direção Geral da Saúde (DGS) para que a escola compreenda o que é a Diabetes Mellitus Tipo 1
  • Informar sobre o material que a criança vai levar para a escola todos os dias, nomeadamente aparelho para avaliação da glicemia, caneta de insulina e pacotes de açúcar
  • Informar sobre o tratamento em caso de hipoglicemia, como é feita a medição da glicemia e a injeção de insulina

Refeições escolares

As refeições para as crianças e adolescentes com diabetes tipo 1 são centradas numa alimentação saudável, tal como o que é recomendado para todos nós!

No momento das refeições, a equipa escolar deve:

  • Ajudar/fazer a contagem dos hidratos de carbono, os quais devem ser ingeridos em quantidades adequadas às necessidades, não devendo ser restringidos
  • Acompanhar no momento de medição da glicemia e da administração diária da insulina às refeições, cuja dose depende do resultado da glicemia e da quantidade de hidratos de carbono a ingerir nessas refeições
  • Supervisionar a ingestão dos alimentos pela criança ou adolescente

Prática de exercícios na escola

Um dos pilares da terapêutica é a atividade física. A equipa médica deve fornecer indicações específicas quanto aos ajustes nas doses de insulina antes e depois do exercício, bem como a eventual necessidade de reforços alimentares e, ainda, as situações em que a prática desportiva deve ser evitada. Quando os pais/cuidadores tiverem estas informações, devem informar a equipa escolar.

Se pretender mais informações sobre outros hábitos a ter na Diabetes tipo 1, entre aqui.

PT-DIA-00050 06/2019