A B C Diabetes

Insulina

A Diabetes tipo 2 afeta a capacidade do organismo de converter o açúcar presente no sangue em energia. Este processo é controlado por uma hormona designada por insulina. Na Diabetes tipo 2, o organismo não responde à insulina como devia (a chamada "resistência à insulina") e também não produz insulina convenientemente. Isto tem como resultado a subida anormal e progressiva dos níveis de "açúcar" no sangue (glicemia).

No caso da Diabetes tipo 1 o pâncreas deixa subitamente de produzir insulina. Isso faz com que a subida do açúcar no sangue seja súbita e muito exagerada. Para além disso, a falta absoluta de insulina dá origem à produção de substâncias tóxicas no organismo, os chamados "corpos cetónicos", que dão mal-estar e náuseas ("agonias"). Como não há qualquer produção de insulina, a única forma de tratar consiste em administrar insulina.

Para compreender melhor de que forma ocorre a decomposição dos alimentos numa pessoa com e sem diabetes, entre aqui.

DIAB-1101272-0063 04/2017