dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes sobre Diabetes: hipoglicemia

sobre Hipoglicemia

Procure resposta às suas perguntas, de acordo com o tema sobre o qual tem dúvidas. Nesta secção, reunimos as perguntas mais frequentes e disponibilizamos uma resposta.

O que é?

O que é uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Uma hipoglicemia é quando o nível de glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar que existe no sangue) baixa demasiado. Geralmente considera-se uma hipoglicemia quando o valor de glicemia é abaixo de 70mg/dL.

Uma descida de açúcar no sangue ou hipoglicemia é abaixo de que valor?

Geralmente considera-se uma hipoglicemia quando o valor de glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue) está abaixo de 70mg/dL.

Sintomatologia

O que posso sentir se tiver uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Geralmente a baixa de açúcar causa sintomatologia, mas por vezes pode haver insensibilidade à hipoglicemia e o primeiro sinal pode ser perder os sentidos.

A sintomatologia habitual da hipoglicemia é: 

  • Sensação de fraqueza/fome
  • Tonturas
  • Dores de cabeça
  • Suores frios
  • Tremores
  • Aumento dos batimentos cardíacos/palpitações
  • Ansiedade/nervosismo
  • Sonolência/sensação de desmaio
  • Alterações visuais
  • Falta de concentração
  • Confusão mental
  • Desmaio/coma
  • Agitação, agressividade e resistência a tratar a hipoglicemia ou ser ajudado.
Como é que eu sei se tenho uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Geralmente a hipoglicemia está associada a sintomatologia típica, mas por vezes pode não ter sintomas e ser detetada apenas com a medição da glicemia: qualquer valor abaixo de 70mg/dL ou o símbolo "LO" no visor do aparelho indica uma hipoglicemia.

Causas

Quais são as causas da hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Em doentes com diabetes a hipoglicemia é uma consequência indesejável (ou evento adverso) do tratamento. A insulina, bem como alguns tipos de medicamentos orais (comprimidos) para a diabetes, podem fazer com que o valor de glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue) baixe demasiado. Em pessoas com diabetes a tomar estes medicamentos, algumas situações podem desencadear uma hipoglicemia, como: passar muitas horas sem comer, refeições pobres em hidratos de carbono, enganos na medicação, exercício físico intenso e não programado, ingestão excessiva de álcool ou fora das refeições e problemas intestinais e gástricos (como vómitos ou diarreia).

A insulina pode provocar hipoglicemias ou "baixas de açúcar"?

Sim, a insulina pode provocar hipoglicemia, no entanto, quando são tomados os cuidados necessários, a insulina é um tratamento muito eficaz e com bom perfil de segurança. Na realidade, em Portugal, o número de pessoas que tem de ir à urgência por hipoglicemia causada pela insulina é semelhante ao daquelas que tiveram hipoglicemia apenas a tomar comprimidos. Se houver cuidados com a alimentação, com o exercício físico, cuidado no consumo de álcool, cuidado na administração da insulina e o ajuste da dose de insulina em função dos níveis de glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue), o risco de hipoglicemia pode ser minimizado.

Os comprimidos para a diabetes podem provocar hipoglicemias ou "baixas de açúcar"?

Sim, alguns tipos de comprimidos podem causar hipoglicemia. Mas nem todos os medicamentos orais (comprimidos) podem causar hipoglicemia. Existem medicamentos orais que isoladamente não causam hipoglicemia, pois não têm a capacidade de baixar o nível de glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue) para lá do normal. Para saber se a medicação que está a tomar acarreta o risco de hipoglicemia, fale com a sua equipa de saúde.

O exercício físico pode causar hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Sim, se estiver a ser tratado com insulina ou medicamentos orais (comprimidos) que podem baixar demasiado o nível de glucose (ou açúcar) no sangue (glicemia). O exercício físico é uma parte essencial do tratamento da diabetes e se tomados os devidos cuidados a hipoglicemia pode ser evitada. Em pessoas com diabetes que fazem medicamentos que podem causar hipoglicemia é importante medir a glicemia antes de iniciar o exercício físico. Se este durar mais de 1h, ao fim desse tempo a glicemia deverá ser novamente medida. Se a glicemia for abaixo de 100mg/dL ou se o exercício for particularmente intenso, deve ser feito um reforço da alimentação antes de começar ou ao fim de 1h. Deve sempre levar 2-3 pacotes de açúcar ou pastilhas de glucose consigo durante o exercício.

Se passar mais horas sem comer posso ter uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Sim, se estiver a ser tratado com insulina ou medicamentos orais (comprimidos) que podem baixar demasiado o nível de glucose (ou açúcar) no sangue (glicemia). Aliás, a causa mais frequente de hipoglicemia nestas pessoas são erros com a alimentação, como seja ficar muitas horas (mais de 3) sem comer ou ingerir poucos alimentos ricos em hidratos de carbono complexos (como o pão, batata, arroz, massa, feijão, etc.).

O stress pode causar hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Habitualmente não. O "stress" está associado ao aumento de hormonas (como o cortisol e a adrenalina) que levam a aumentos da glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue). Dito isto, se o stress levar a pessoa com diabetes a alterar as suas rotinas (como falhar refeições ou comer menos porque está sem apetite ou está mal disposta) pode surgir a hipoglicemia.

Tratamento

Como se trata a hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

O tratamento de uma hipoglicemia deve, geralmente, seguir os seguintes passos:

  • Tomar imediatamente 2 pacotes de açúcar (~15g de açúcar) ou 2 colheres de sopa de açúcar ou uma colher de sopa de mel ou 3-4 comprimidos de glucose ou meia lata de refrigerante (não "dieta" ou lightou uma bisnaga de gel de glucose.
  • Se é familiar ou acompanhante da pessoa com hipoglicemia e esta está inconsciente, confusa e/ou agitada, pode ter necessidade de usar a injeção de Glucagon (hormona que aumenta a glicemia) que vem numa caixa laranja: tem de seguir cuidadosamente as instruções que estão do lado de dentro da tampa da caixa.
  • Logo de seguida meça a glicemia (picar o dedo) e registe o valor.
  • Espere 3-5 minutos e volte a medir a glicemia.
  • Se o valor continuar abaixo dos 70mg/dL ou não se sentir melhor, repita o 1º passo novamente.
  • Contacte imediatamente o seu médico ou enfermeiro se continuar a não melhorar, a glicemia continuar abaixo de 70mg/dL, se o valor for muito baixo (abaixo dos 50mg/dL ou o símbolo "LO" apareceu no aparelho) ou se é uma repetição da hipoglicemia.
  • Se é familiar ou acompanhante e a pessoa com hipoglicemia perdeu os sentidos, está confusa e/ou agitada ou se não for possível contactar o médico ou enfermeiro, ligue para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) ou para o Número Nacional de Emergência 112.
  • Depois de tratar, deve prevenir nova hipoglicemia: comer imediatamente a refeição (Almoço, Jantar, Lanche, etc.) ou se faltar uma hora ou mais comer pão com fiambre ou queijo ou então 4 bolachas de água e sal e um copo de leite.
  • Registe os valores da glicemia no seu livro de registos e fale deste episódio ao seu médico ou enfermeiro. É importante refletir sobre o que terá originado este episódio.
Tenho um valor acima de 70mg/dL mas tenho sintomas de hipoglicemia ou "baixa de açúcar": o que devo fazer?

Se o valor que está no aparelho é próximo de 70mg/dL deve tratar como se fosse uma hipoglicemia uma vez que todos os aparelhos têm alguma margem de erro. Se o valor for mais alto (especialmente se acima de 100mg/dL) não deve tratar: pessoas com diabetes que têm habitualmente valores muito altos, quando estes começam a baixar para níveis mais normais, o organismo pode ressentir-se e originar esta sintomatologia. Com o passar do tempo estes sintomas desaparecem quando os valores estão normais.

O que devo fazer se tiver uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

O tratamento de uma hipoglicemia deve, geralmente, seguir os seguintes passos:

  • Tomar imediatamente 2 pacotes de açúcar (~15g de açúcar) ou 2 colheres de sopa de açúcar ou uma colher de sopa de mel ou 3-4 comprimidos de glucose ou meia lata de refrigerante (não "dieta" ou lightou uma bisnaga de gel de glucose.
  • Se é familiar ou acompanhante da pessoa com hipoglicemia e esta está inconsciente, confusa e/ou agitada, pode ter necessidade de usar a injeção de Glucagon (hormona que aumenta a glicemia) que vem numa caixa laranja: tem de seguir cuidadosamente as instruções que estão do lado de dentro da tampa da caixa.
  • Logo de seguida meça a glicemia (picar o dedo) e registe o valor.
  • Espere 3-5 minutos e volte a medir a glicemia.
  • Se o valor continuar abaixo dos 70mg/dL ou não se sentir melhor, repita o 1º passo novamente.
  • Contacte imediatamente o seu médico ou enfermeiro se continuar a não melhorar, a glicemia continuar abaixo de 70mg/dL, se o valor for muito baixo (abaixo dos 50mg/dL ou o símbolo "LO" apareceu no aparelho) ou se é uma repetição da hipoglicemia.
  • Se é familiar ou acompanhante e a pessoa com hipoglicemia perdeu os sentidos, está confusa e/ou agitada ou se não for possível contactar o médico ou enfermeiro, ligue para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) ou para o Número Nacional de Emergência 112.
  • Depois de tratar, deve prevenir nova hipoglicemia: comer imediatamente a refeição (Almoço, Jantar, Lanche, etc.) ou se faltar uma hora ou mais comer pão com fiambre ou queijo ou então 4 bolachas de água e sal e um copo de leite.
  • Registe os valores da glicemia no seu livro de registos e fale deste episódio ao seu médico ou enfermeiro. É importante refletir sobre o que terá originado este episódio.
Posso beber refrigerantes quando tenho hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Sim, pode beber meia lata de um refrigerante (que não seja de "dieta" ou light) para tratar uma hipoglicemia. No entanto é normalmente mais prático trazer consigo 2-3 pacotes de açúcar ou comprimidos de glucose.

Se tiver uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar" posso aproveitar para comer um bolo?

Não. Geralmente a melhor maneira de tratar uma hipoglicemia é com açúcar, comprimidos de glucose, bisnagas de gel de glucose, mel ou meia lata de refrigerante não "dieta" ou light. A maior parte dos outros alimentos ricos em açúcar (por exemplo: chocolate ou bolos) tem também outros nutrientes, como a gordura, que tornam mais lenta a entrada do açúcar em circulação. Como a hipoglicemia deve ser corrigida o mais rápido possível, estes alimentos são desaconselhados.

Posso tratar a hipoglicemia ou "baixa de açúcar" com alimentos?

Geralmente a melhor maneira de tratar uma hipoglicemia é com açúcar, comprimidos de glucose, bisnagas de gel de glucose, mel ou meia lata de refrigerante não "dieta" ou light. A maior parte dos outros alimentos ricos em açúcar (por exemplo: chocolate ou bolos) tem também outros nutrientes, como a gordura, que tornam mais lenta a entrada do açúcar em circulação. Como a hipoglicemia deve ser corrigida o mais rápido possível, estes alimentos são desaconselhados.

Posso tratar uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar" com mel?

Sim. A dose correta é uma colher de sopa.

A partir de que valor devo tomar açúcar?

Geralmente o açúcar deve ser tomado quando tem uma hipoglicemia, ou seja, valores abaixo de 70mg/dL ou se aparecer o símbolo "LO" no aparelho. Em algumas situações a sua equipa de saúde pode dar indicações diferentes, sendo que deve seguir essas indicações.

O que me devem fazer se eu desmaiar com uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar"?

Se a pessoa com hipoglicemia está inconsciente ligue imediatamente o Número Nacional de Emergência 112.

  • Em primeiro lugar a pessoa com diabetes que está inconsciente deve ser colocada na posição lateral de segurança: cuidadosamente rodar o corpo para que o corpo e a cabeça fiquem de lado. Desta forma, se vomitar, não vai aspirar o vómito.
  • Caso tenha consigo uma injeção de Glucagon (caixa de plástico laranja com seringa e ampola no interior, geralmente guardada na porta do frigorífico) deve administrar essa injeção. Deve seguir cuidadosamente as instruções que estão na tampa da caixa do lado de dentro: a injeção tem de ser preparada antes de ser injetada debaixo da pele ou no músculo.
  • Se não tiver uma injeção de Glucagon e enquanto os serviços de emergência não chegam, pode colocar uma pequena quantidade de papa de açúcar (equivalente a uma colher de sopa de açúcar empapado em água) cuidadosamente do lado de dentro da bochecha do doente. Não coloque os seus dedos dentro da boca (para lá dos dentes) a não ser que o operador de emergência diga para o fazer.
  • As pessoas que vivem ou estão frequentemente com pessoas com diabetes com risco de hipoglicemia ou que tiveram hipoglicemias graves devem saber o que fazer e, se for caso disso, onde está guardada e como injetar a injeção de Glucagon.
  • Deve verificar se a injeção de Glucagon está dentro da validade.

Vivo só. Se tiver uma hipoglicemia ou "baixa de açúcar" o que devo fazer?

Deve ter sempre perto de si ou na sua pessoa 2-3 pacotes de açúcar ou comprimidos de glucose. Deve ter alguém que possa chamar ou telefonar se se sentir mal: se isso não for possível ligue para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) ou Número Nacional de Emergência 112; diga o seu nome e de onde está a ligar de forma clara e depois responda às perguntas da operadora.

Prevenção

O que posso fazer para evitar as hipoglicemias ou "baixas de açúcar"?

É muito importante comer em intervalos regulares e evitar estar mais de 3 horas sem comer. É também muito importante que as refeições tenham uma quantidade adequada de alimentos com hidratos de carbono complexos (por exemplo: pão, batata, feijão, arroz, massa, etc.). Para além disto é importante para evitar hipoglicemias:

  • Medir com regularidade a glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue) se estiver a tomar insulina ou medicamentos orais (comprimidos) que podem motivar hipoglicemia.
  • Conheça os seus valores de glicemia e o efeito da medicação e exercício físico nesses valores.
  • Se não ajusta a dose de insulina conforme o que come, é importante que a quantidade de hidratos de carbono complexos nas suas refeições seja semelhante de dia para dia.
  • Saber identificar os sinais e sintomas de hipoglicemia (por exemplo: suores, dor de cabeça, tremor, sensação de tontura ou desmaio, etc.).
  • Traga sempre consigo pacotes de açúcar, comprimidos de glucose ou gel de glucose para tratar a hipoglicemia caso ocorra.
Com valores baixos, devo tomar a medicação?

Se tem uma hipoglicemia (valor abaixo de 70mg/dL ou "LO" no aparelho), não sabe o que fazer e não consegue entrar rapidamente em contacto com a sua equipa de saúde, deve ligar para o Número Nacional de Emergência 112. 

Em relação a tomar a medicação ou não: depende da situação, como por exemplo o tipo de medicação ou insulina que faz. Muitas vezes a equipa de saúde dá instruções sobre como ajustar a medicação caso os valores estejam mais baixos ou tenha uma hipoglicemia: essas instruções devem ser seguidas. Em todas as outras situações ou situações em que houver dúvidas, deve contactar o seu médico ou enfermeiro, ou, se isso não for possível, ligar para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24).

Quantas horas posso passar sem comer durante a noite?

Não é normal ter uma hipoglicemia ao fim de 7-8h de jejum noturno. Se isso acontecer, então a medicação e/ou a alimentação devem ser ajustadas. É muito importante comer a ceia pouco antes de deitar para limitar o número de horas sem comer. É também importante tomar o pequeno-almoço logo que se levanta, exceto se for fazer análises que precisam de jejum.

Que intervalo devo fazer entre as refeições?

Não deve estar mais de 3 a 4 horas sem comer. A maior parte das pessoas com diabetes deve comer pelo menos o pequeno-almoço, uma refeição a meio da manhã, o almoço, dois lanches durante a tarde, o jantar e a ceia, perto da hora de deitar. Se não faz todas estas refeições, não quer dizer que tenha de passar a comer mais; o que deve fazer é repartir o que come pelas várias refeições.

O que devo fazer quando tenho análises ou exames?

Geralmente as análises devem ser feitas em jejum, por isso, se tiver de fazer análises, deve fazê-las logo de manhã (geralmente os diabéticos têm prioridade nas colheitas de sangue nos laboratórios de análises clínicas) e levar consigo 2-3 pacotes de açúcar ou pastilhas de glucose para tomar caso sinta uma hipoglicemia ou a sua glicemia fique abaixo dos 70mg/dL. Se tiver de tomar açúcar antes de tirar sangue, deve depois avisar o seu médico ou enfermeiro quando mostrar as análises. É prudente medir mais frequentemente a glicemia (glicemia = quantidade de glucose ou açúcar no sangue) se por qualquer razão tiver de prolongar o seu jejum noturno. Nunca se esqueça de tomar a ceia no dia anterior.

Que valor devo ter antes de deitar?

Depende de pessoa para pessoa e do risco de cada um para ter hipoglicemia. A equipa de saúde vai definir um valor correto para si. De um modo geral o valor deve ser, pelo menos, acima de 110mg/dL.

Efeitos/Consequências

Ter muitas hipoglicemias ou "baixas de açúcar" prejudica o organismo?

Ter várias hipoglicemias, mesmo que ligeiras, pode ser mau para a saúde, sobretudo se tem problemas de coração como angina de peito, doença das artérias coronárias, já teve um enfarte ou se sofre de arritmias cardíacas. É possível que hipoglicemias repetidas também causem outros problemas, como a demência. 

As hipoglicemias graves, em que há perda dos sentidos ou tonturas, podem ser mais graves, pois podem originar quedas e traumatismos. 

Se a hipoglicemia for muito grave a pessoa com diabetes pode ficar em coma ou mesmo com danos cerebrais irreversíveis.

Ter muitas hipoglicemias ou "baixas de açúcar" provoca esquecimento?

É possível. Há alguns estudos que sugerem que ter hipoglicemias graves pode levar a uma perda mais rápida de faculdades intelectuais nos doentes adultos. As crianças pequenas com diabetes tipo 1 também podem ver comprometido o seu desenvolvimento intelectual com hipoglicemias frequentes e/ou graves.

É grave ter hipoglicemias ou "baixas de açúcar"?

Ter várias hipoglicemias, mesmo que ligeiras, pode ser mau para a saúde, sobretudo se tem problemas de coração como angina de peito, doença das artérias coronárias, já teve um enfarte ou se sofre de arritmias cardíacas. É possível que hipoglicemias repetidas também causem outros problemas, como a demência. 

As hipoglicemias graves, em que há perda dos sentidos ou tonturas, podem ser mais graves, pois podem originar quedas e traumatismos. 

Se a hipoglicemia for muito grave a pessoa com diabetes pode ficar em coma ou mesmo com danos cerebrais irreversíveis.


Se está a ter uma hipoglicemia e não sabe o que fazer, tome imediatamente 2-3 pacotes de açúcar e contacte a sua equipa médica, a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) ou, caso não seja possível, o Número Nacional de Emergência 112.

DIAB-1101272-0000