Notícias

Excessos na alimentação no Natal pioram doenças crónicas

O Natal e o Ano Novo celebram-se à volta da mesa e estão, por isso, muito associadas à boa comida e à bebida e é quase impossível resistir ao “apelo da gula”. Nesse sentido, o Correio da Manhã foi entrevistar um nutricionista para perceber o impacto destes excessos na saúde doentes crónicos – pessoas com diabetes, hipertensão, colesterol ou doenças cardiovasculares.  Por estarem nos quatro grupos de risco, o nutricionista João Bravo aconselha moderação na refeição com familiares e amigos, deixando algumas dicas:  

  • na hora de refeição, a palavra de ordem é moderação! Evitar comer quantidades excessivas, bem como o excesso de sal na comida e a ingestão de doces e fritos;
  • evitar a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • manter a atividade física, ou seja, evitar o sedentarismo associado à época de férias (atividades em casa e centradas nas refeições);

 

Especialmente, no caso das pessoas com diabetes e hipertensos, o nutricionista explica que a quantidade de sal é o mais preocupante, enquanto que nos doentes com colesterol elevado, os doces e os fritos são os alimentos proibidos. Por sua vez, o especialista indica que o maior problema dos doentes cardiovasculares são o stress, os excessos alimentares e o sedentarismo. Para todos os grupos, é aconselhado:

  • Demolhar o bacalhau durante vários dias, devido ao excesso de sal que já contém;
  • Substituir o acompanhamento com as tradicionais batatas, por batata doce, hortaliças, couves, cenouras, grelos, cogumelos, puré de lentilhas, etc.;
  • Fazer pequenos lanches à base de fruta da época;
  • Nos estufados, evitar o refogado e, nos assados, retirar as partes escuras/queimadas. Optar por cozidos a vapor ou grelhados;
  •  Promover as caminhadas, ainda que pequenas, pois ajudam sempre a evitar problemas de saúde como a obesidade, complicações cardiovasculares, entre outras.

Fonte: http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/excessos-na-alimentacao-no-natal-pioram-doencas-cronicas

DIAB-1101272-0145 01/2018