Notícias

Dormir Contra a Diabetes


Já se sabia que poucas horas de sono de uma maneira geral acarretam uma série de riscos para a saúde.

Um estudo recente aponta para uma relação directa entre noites curtas e desenvolvimento de Diabetes em crianças, de acordo com o estudo presente no New York Times.

Neste estudo, onde participaram mais de 4.500 crianças entre os nove e os dez anos, descobriu-se que as que tinham menos horas de sono apresentavam valores mais elevados de índice de massa corporal, insulina e glucose no sangue, factores directamente ligados ao risco de desenvolvimento de Diabetes tipo 2.

Embora ainda não haja uma explicação rigorosa para este fenómeno, a verdade é que basta aumentar uma hora na média diária de sono para que os valores baixem rapidamente. Isto significa que o sono pode ser assim o melhor “medicamento” na prevenção da doença.

“O aumento das horas de sono nas crianças pode ser a medida mais simples, mais barata e acessível a todos no combate a esta doença que é já uma epidemia”, afirmou a este propósito Christopher G. Owen, o professor de Epidemiologia da Universidade de St. George, em Londres, responsável por este estudo.

Fonte: greensavers.sapo.pt

Foto: Creative Commons

Outras Dicas de como melhorar o sono e, consequentemente, reduzir o risco de desenvolvimento de diabetes:

  • Deve-se dormir entre 7 a 9 horas por noite;
  • Evitar refeições pesadas antes de dormir;
  • Evitar a ingestão de cafeína;
  • É importante criar um ritmo de sono;
  • Deve-se evitar dormir durante o dia, para que o sono seja mais profundo à noite;
  • Evitar realizar exercício físico 3 horas antes de dormir;

DIAB-1101272-0087 09/2017