Controlo da diabetes

Compreender os intervalos de referência da glicemia para controlar melhor a Diabetes

Controlar as variações da glicemia

Compreender os intervalos de referência da glicemia (açúcar no sangue)

De acordo com a Federação Internacional da Diabetes, para a maior parte das pessoas que têm diabetes, os valores de glicemia normais são os seguintes:

Em jejum (glicemia plasmática em jejum): menos de 110 mg/dL

Após as refeições (glicemia plasmática pós-prandial): menos de 145 mg/dL

Não deve ter valores inferiores a 80 mg/dL em nenhuma altura do dia. Quando os valores estão abaixo de 70 mg/dL, falamos de hipoglicemia ou "baixa de açúcar", uma situação que pode ser perigosa e é de evitar.

Fale com o seu médico sobre o intervalo de valores de referência da glicemia mais adequado para si.

Valores elevados de glicemia

Quando o seu nível de glicemia está alto (hiperglicemia) poderá sentir qualquer um destes sintomas: boca seca, sede, urinar frequentemente, cansaço e visão turva. Se sentir qualquer um destes sintomas, confirme imediatamente os seus valores de glicemia.

O aumento descontrolado dos valores de glicemia poderá ser originado por comer demais, estar menos ativo que o habitual, não se sentir bem, estar em stress ou necessitar de um ajuste na medicação para a diabetes.

Valores baixos de glicemia

Valores baixos de glicemia são geralmente causados por comer menos ou mais tarde que o habitual, estar mais ativo do que o costume ou estar a tomar medicação que não corresponde às suas necessidades. Consulte o seu médico sempre que sentir episódios de glicemia baixa. Também é muito importante reconhecer os sintomas de hipoglicemia e saber como controlá-la eficazmente.

Quando a sua glicemia está baixa, pode sentir nervosismo, tremores, suar mais do que o habitual ou cansaço. Os sintomas podem ser ligeiros no princípio, mas podem piorar rapidamente se não forem tratados. Se tiver hipoglicemia confirme os seus valores imediatamente. Se o seu nível de glicemia for inferior a 70 mg/dL, ingira ou beba imediatamente um hidrato de carbono como um copo de sumo de fruta, 3 comprimidos de glicose ou 5 ou 6 rebuçados. Pode precisar de repetir o tratamento nos 15 a 20 minutos seguintes se os valores não tiverem aumentado. Esperar que os valores aumentem espontaneamente ou esperar para agir não é seguro.

A sua família e os seus amigos e colegas devem ter conhecimento de que, como doente com diabetes, está em risco de episódios de hipoglicemia.

Veja os nossos vídeos, folhetos informativos e dúvidas frequentes relacionados com a hipoglicemia.

Como pode ajudar a evitar as variações bruscas de glicemia:

  • Mantenha tanto quanto possível a sua rotina e horários diários de refeições e exercício físico, e não se esqueça de tomar a sua medicação.
  • Verifique os seus níveis de glicemia como lhe foi ensinado e partilhe os registos com o seu médico.
  • Estabeleça, com o seu médico, objetivos para o peso, a atividade física, os níveis de glicemia e HbA1C.
  • Use um objeto que informe as outras pessoas que sofre de diabetes, em caso de emergência, como um fio ou uma pulseira.
  • Tenha sempre consigo hidratos de carbono (como rebuçados ou pacotes de açúcar) para poder tratar em qualquer altura as hipoglicemias ("baixas de açúcar").

Consulte o seu médico se sentir frequentemente níveis altos ou baixos de glicemia. Pode ser necessário rever e fazer algumas alterações na sua dieta, atividade física ou medicação da diabetes.

Use o Diário da Diabetes para monitorizar os altos e baixos da sua glicemia e partilhar os resultados com o seu médico.

DIAB-1101272-0000